Acrísio Sena alerta para o avanço da fome e da inflação no Brasil


Na sessão desta quinta-feira (1º), o deputado estadual Acrísio Sena (PT) alertou, na Assembleia Legislativa, o crescimento da fome e da inflação no Brasil. “Participei da luta contra a carestia no final da década de 1980 e vi de perto o que significa o aumento de preços para uma família pobre, que usa 55% do seus recursos – segundo o IBGE – para comprar alimentos. E isso está se repetindo”, lamentou.

Ele citou dados do relatório da Organização das Nações Unidos para Alimentação e Agricultura (FAO), que mostram que o Brasil foi um dos países que mais avançou no combate à fome no início do século XXI, com o programa Bolsa Família e a rede de proteção social dos governos petistas, tirando o Brasil do Mapa Mundial da Fome em 2014. “Porém, os indicadores da fome vêm piorando desde o impeachment da presidenta Dilma”, afirmou.

Divulgada em 17/09/2020 pelo IBGE, a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) mostra que depois de mais de uma década em declínio, a fome voltou a crescer e atingiu 10,284 milhões de pessoas de meados de 2017 a meados de 2018, ou 5% da população brasileira. Os dados estimados pelos economistas da FGV para 2019 e 2020 indicam piora no quadro. “No Ceará, foi fundamental a intervenção do governador Camilo Santana, com programas de renda mínima como o Mais Nutrição, o Mais Infância, o cartão vale-alimentação para alunos da rede pública, distribuição de botijões de gás, além da isenção do pagamento de água e luz para famílias carentes”, elogiou.

ENTRE EM CONTATO