Acrísio Sena lembra a luta das Pessoas com Deficiência


Em pronunciamento realizado dia 22, na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Acrísio Sena (PT) lembrou o Setembro Verde e o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência, transcorrido na terça-feira (21). Quando vereador, Acrísio foi autor da lei 10.668/2018, que criou o Estatuto da Pessoa com Deficiência em Fortaleza. Segundo o deputado, a Pesquisa Nacional de Saúde, realizada em 2019 pelo IBGE, estimou em 17,3 milhões o número de pessoas de 2 anos ou mais de idade com deficiência. No Ceará, o percentual foi de 10,6% da população ou quase 1 milhão de cearenses.

“São muitas as dificuldades enfrentadas por esta população. Em todo o Brasil, segundo o IBGE, apenas 4,7% das calçadas são acessíveis. Para piorar o quadro, desde a posse do presidente Bolsonaro, as Pessoas com Deficiência enfrentam ações que visam reduzir investimentos em políticas públicas, criar retrocessos em bandeiras históricas e falas que contribuem para estigmatizar essa população. O próprio ministro da Educação, Milton Ribeiro, chegou a dizer que as crianças com deficiência atrapalham o aprendizagem dos demais alunos”, criticou o parlamentar.

Acrísio Sena ressaltou as suas atuais lutas: pela implantação do Estatuto Municipal da Pessoa com Deficiência nos 184 municípios cearenses, criação dos conselhos municipais das Pessoas com Deficiência, criação do cargo de Intérprete de Libras como carreira do Estado, prioridade da CNH Popular para as Pessoas com Deficiência, além da redução do ICMS para compra de veículos por esta população.

ENTRE EM CONTATO